Wednesday, February 16, 2005

um post



graças a deus que não tenho que escrever pra ganhar a vida, se não tava phudido, porque eu simplesmente não consigo ter idéias para serem escritas, minha cabeça sempre imagina outras coisas, formas, côres, texturas e etc...
pois é, agora to eu aqui, com a barriga gelada, as mãos suadas, tentando escrever alguma coisa pra vocês, sendo que o dono das palavras ainda permanece um excluido digital, bem estamos tentando resolver esses pequenos entraves. inclusive esse de alguém ter que escrever, alimentar a roda do blog. tenho falado com o anacleto, ele anda impaciênte, bravo, mas eu sei porque ele anda arredio, porque tá com síndrome de abstinência de internet.....

há, a imagem da leila é só uma homenagem, silênciosa....

Wednesday, February 09, 2005

Acabou a festa da carne!



Não me contive, como bom brasileiro eu odeio carnaval, não curto não adianta. Teoricamente e históricamente o ano começa agora, então feliz 2005 para vocês.

Tuesday, February 01, 2005

alô! câmbio!

Da licença?! Como vão vocês? Espero que todos estejam bem.
Tô aqui para dizer algumas coisas pra vcs; primeiro lugar: não se preocupem, meu amigo, padrinho e irmão Anacleto Pantoja tá bem, não aconteceu nada, ou melhor nada com a pessoa dele, só com os acessórios. Ele virou um exilado digital, o computador que eu tinha arrumado pra ele pifou, faleceu, e ele coitado, com o que ganha de aposentadoria não consegue ficar indo em lan house.
Fui gentilmente intimado a ficar cuidando do nosso sítio digital enquanto resolvemos o pequeno problema que o falecimento do computador causou, falo nosso, porque ele teve a idéia do espaço e de novo usou de seus poderes de persuasão pra me tornar sócio, rs. Sim, ele escreve, eu ajeito, ilustro, enfim, tento fazer ficar bonitinho.
Bom, eu sou o Paulo, de São Paulo, e o Anacleto é meu padrinho, em vários aspectos. Primeiro ele é meu padrinho mesmo, me batizou, meu pai era comparsa de trabalho, birita e outras aventuras com essa figura ímpar, de caráter inquestionável e íntegro até o último fio de cabelo. A ele devo um monte de coisas, inclusive o fato de hoje trabalhar com publicações. Esse blá, blá, blá todo é para dar uma satisfação pra vocês e dizer a todos que por um tempo eu estarei por aqui.